XVI SIMPÓSIO INTERNACIONAL PROCESSOS CIVILIZADORES – SIPCs/2016

xvi-sipcs

 

Com o tema Diálogos interdisciplinares: Política, Contextos e Processos Sociais o XVII Simpósio Internacional Processos Civilizadores reunirá nos dias 21 a 25 de novembro de 2015, na Universidade Federal do Espírito Santo, pesquisadores brasileiros e estrangeiros para refletir, aprender, se conflitar e descobrir novas facetas dos estudos de Norbert Elias

As nômades, Dina Maria Rosário e Márcia Gonçalves estarão presentes nesse importante evento científico. Nesta ocasião Márcia  fará sessão de workshop  de projetos com o trabalho “A Bahia já me deu régua e compasso… Sobre Estabelecidos, Outsiders e aMissão Presbiteriana na Chapada Diamantina/Bahia”. Dina Maria  fará uma comunicação oral intitulada ‘Ainda construção e já é ruina… Tangenciamentos entre “máquinas de guerra” e “processo civilizador”‘.

O Nômades do Saber  e as nômades fizeram parte do Simpósio Internacional nas edições XIV /2012  em Dourados/MS e  XV/2014 na Ciudad de México. Na edição XVI seremos, mais uma vez, presença em Vitória/Es.

XVI SIMPÓSIO INTERNACIONAL PROCESSOS CIVILIZADORES (SIPCs) 

“Diálogos interdisciplinares: Política, Contextos e Processos Sociais”

16TH SIPCS – INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON CIVILIZING PROCESSES

 Interdisciplinary dialogues: Policy, Contexts and Processos Sociais

 

Sobre Nomades do Saber

Nômades do Saber: um estudo sobre migração estudantil é uma aproximação aos movimentos e trajetórias - espaciais e simbólicas, urbanas e rurais - de pessoas que se movimentam no território baiano em busca de oportunidades para estudar. Discute os deslocamentos por motivo de estudos desde a perspectiva do nomadismo de Deleuze. O estudo compõe-se de duas etapas. A primeira é o mapeamento de trajetórias (fluxos e percursos) de migração estudantil em 04 instituições/programas: Graduação em Pedagogia da Plataforma Freire/Ipirá (28 alunos); cursos de Graduação do DEDC XIII/Itaberaba (30 alunos); Formação Tecnológica do IFBA- Campus Camaçari/Núcleo Avançado Dias D'Ávila (26 alunos); graduação em Educação Intercultural Indígena do IFBA-Campus Porto Seguro (30 alunos). A segunda, coleta e análise das narrativas migratórias dos estudantes pertencentes aos casos em estudos. A análise dos dados coletados no estudo será apoiada por softwares: Philcarto-representação cartográfica; Dayane-análise do questionário e Nudist NVivo-análise dos relatos de vida. Os resultados da investigação serão apresentados através de três informes (I-Mapeamento das trajetórias educativas; II- Histórias de migração estudantil; III- Avaliação do estudo). A importância do estudo radica na inclusão da migração estudantil no rol dos movimentos migratórios, no mapeamento dos deslocamentos com fins de estudos e, sobretudo, no testemunho dos estudantes narradores sobre o migrar para formar e formar-se migrando.
Esse post foi publicado em Eventos Científicos, Notícias daqui e de acolá. e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para XVI SIMPÓSIO INTERNACIONAL PROCESSOS CIVILIZADORES – SIPCs/2016

  1. Mara Leite disse:

    Boa viagem! Vcs representam muito bem o Nomadismo do Saber.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s